Cayman Sistemas
PRECISO DE UM SITE
MENU
INÍCIO
SOBRE NÓS
PROJETOS
CONTATO
X
SOLICITAR ORÇAMENTO
Foto Blog

Como criar um catálogo e vender no Whatsapp

15/07/2020 - Ecommerce

Você sabia que existem novas ferramentas que te ajudam a potencializar a venda direta de produtos, como num e-commerce, direto pelo Whatsapp?

Confira nesse guia como criar um catálogo produtos e vender mais no Whatsapp!

Por que criar um catálogo e vender no Whatsapp?

Sempre que o processo de compra é quebrado vão haver perdas na conversão. Quando um cliente entra em contato pelo Whatsapp e ele precisa ser direcionado para um site, aplicativo ou loja física, alguns desses leads vão desistir da compra.

A solução é criar um método contínuo de venda que permite ao usuário finalizar todas as etapas de compra sem sair do Whatsapp.

Para possibilitar a venda direta no Whatsapp vamos precisar de duas coisas: de uma forma de oferecer produtos e de um método de pagamento.

Por sorte, o Whatsapp entendee essa necessidade e, por isso, desenvolveu novas ferramentas para criar um catálogo de produtos e vende-los diretamente.

Nesse guia vou te ensinar mais sobre essas ferramentas, além de mostrar um passo a passo de como configurá-las.

Como criar um catálogo de produtos no Whatsapp

O catálogo de produtos funciona dentro do aplicativo do Whatsapp Business.

Caso você esteja usando uma conta padrão do Whatsapp, o seu primeiro passo vai ser fazer a transição para o Business.

Dê preferência, já aproveite para preencher todas as informações do Perfil Comercial da sua empresa, incluindo horário de funcionamento, local e segmento.

Feito isso, vai ser necessário uma foto, título, descrição e preço dos produtos que você planeja incluir no seu catálogo.

Ok, se você já tirou suas fotos e tem a sua lista de produtos na mão, agora, é só abrir o Whatsapp Business:

  1. Clique em Mais opções (aquele botão com 3 pontinhos que fica no topo direito da tela);
  2. Depois acesse Ferramentas comerciais > Catálogo > ADICIONAR ITEM.

Ferramentas comerciais whatsapp

Você vai ver que é super fácil. Só precisa incluir a imagem, nome, preço e pronto!

O ideal é clicar em “Mais campos” e preencher todos os dados, especialmente a descrição e o link (caso você tenha um E-commerce ou uma página de site para dar mais detalhes sobre o produto).

Você pode adicionar até 10 imagens do produto, podendo incluir a partir da Galeria do seu celular ou direto pela Câmera. Recomendo que use fotos de alta qualidade. Caso o seu celular não tem uma câmera boa, então tire fotos separadas e inclua os arquivos na galeria.

Finalizado o cadastro é só clicar em Salvar.

IMPORTANTE: Todos os produtos incluídos no seu catálogo precisam estar de acordo com a política comercial do Whatsapp. Por causa da quarentena do covid, o Whatsapp não está aceitando pedidos de reavaliação de produtos recusados, então cuidado ao cadastrar produtos para que não haja possibilidade de problemas.

Você vai notar que esse processo é manual e pode ser trabalhoso se a sua empresa tem um catálogo grande de produtos.

A minha esperança é que em breve seja desenvolvida uma integração entre essa ferramenta e o Gerenciador de Catálogos do Facebook Business, ou com o Instagram Shopping, mas, por enquanto, só podemos aguardar.

Depois cadastrar seus produtos, você pode anexá-los a conversas com clientes. Para isso, basta clicar no anexo (clipes de papel), selecionar a opção Catálogo e escolher o produto.

Todas as informações cadastradas sobre o produto serão enviadas ao cliente.

Você pode também enviar um link com o catálogo completo. Só precisa clicar no ícone Catálogo dentro das Ferramentas comerciais e no topo direito da tela você vai ver o símbolo de um link.

Catálogo de produtos do Whatsapp

Clicando nesse ícone você vai ser direcionado para uma página com a opção de enviar o catálogo via whatsapp, ou pode também copiar esse link para compartilhar em outra mídia social.

Perceba como é poderosa essa ferramenta, considerando que antes você precisaria enviar o link da página do produto no seu E-commerce, ou pior, teria que enviar manualmente os detalhes do produto.

Mais importante ainda, com a ferramenta que eu vou mostrar a seguir, você já pode finalizar a venda de imediato, direto pelo Whatsapp!

Como realizar pagamentos pelo Whatsapp

ATUALIZAÇÃO: No momento em que estou editando esse artigo (04/08/2020) o sistema de pagamentos do Whatsapp Pay acabou de ser liberado para testes pelo Banco Central. Se algumas funcionalidade ainda estiverem fora do ar quando você for utilizar esse material, fique tranquilo! Abaixo eu vou listar alternativas de pagamento pelo Whatsapp.

Para fechar a venda dentro do Whatsapp vamos precisar configurar uma extensão de pagamento do Facebook Pay.

Todas as vendas dentro da plataforma tem uma taxa fixa de R$3,99 e são processados pela bandeira da Cielo.

Para configurar o pagamento entre no app do Whatsapp Business clique em novamente nos “três pontinhos” no topo direito da tela.

  1. Selecione Configurações > Pagamentos;
  2. Depois, acesse Serviços > Facebook Pay > Receber pagamentos por vendas;
  3. Na tela do Facebook Pay clique em Continuar;
  4. Você precisa aceitar os Termos de Serviço do Comerciante do Whatsapp, o acordo do vendedor do Facebook e o Contrato de Credenciamento da Cielo;
  5. Você também vai precisar criar uma conta de comerciante da Cielo ou conectar uma conta existente;
  6. Para isso, preencha seu CPF ou CNPJ, além das outras informações necessárias.

A sua conta vai passar por um processo de verificação que pode levar até 3 dias úteis. Os pagamentos caem na sua conta Cielo e são transferidos para sua conta de recebimento em até 2 dias úteis.

Com o recurso de pagamento configurado, você pode começar a receber pagamento direto pelo Whatsapp.

O cliente só precisa clicar em Anexar (clipes de papel) > Pagamentos e preencher os dados bancários e de valor.

Links de pagamento no Whatsapp

Se você quer mais alternativas de pagamento eu recomendo o link de pagamento da PagSeguro.

Para faze-lo, você só precisa conectar na sua conta do PagSeguro, acessar o link de pagamento e preencher os dados. O sistema vai gerar um link que você só precisa copiar e colar na conversa com o cliente.

Ao clicar, o cliente é direcionado ao pagseguro onde pode realizar o pagamento de maneira simples e segura.

O que eu gosto nele é que ele tem taxa variável dependendo do prazo de recebimento que varia em 3,99% (2 dias para o recebimento) até 2,49% (30 dias para o recebimento).

Como a maioria dos varejistas já tem conta no PagSeguro e os clientes já te mais confiança nesse método de pagamento, essa é uma opção viável.

A Cielo e outras ferramentas de faturamento também oferecem serviços semelhantes.

O ideal é encontrar um serviço que ofereça segurança nos seus pagamentos, boas taxas e que o seu cliente esteja disposto a usar.

A segurança do cliente é um ponto crucial, já que ainda existe muito medo por parte dos usuários, especialmente os mais velhos, sobre o uso de ferramentas de pagamento online.

Integrações

Se você busca por mais resultados, existem algumas ferramentas avançadas que podem ajudar bastante a alavancar a sua taxa de conversão.

Primeiramente você pode investir em atendimento automático pelo Whatsapp usando o famoso chatbot.

O chatbot vai permitir que a sua loja realize vendas 24 horas por dia. Eu recomendo dar uma olhada na plataforma da Zenvia, mas existem outras com serviço semelhante.

Desse ponto, você pode expandir também para estratégias de ominichannel. A própria Zenvia que eu recomentei já inclui esse serviço.

O ominichannel integra todos os meios de comunicação da sua empresa. Assim se um cliente faz contato por canais diferentes (instagram, whatsapp, email, telefone) você consegue unificar e acompanhar o atendimento com muito mais facilidade.

Caso você trabalhe com vendas complexas de bens com alto valor aquisitivo (veículos, imóveis, maquinários) é bom considerar também o uso de ferramentas de CRM, que te ajudam a acompanhar e automatizar vendas mais longas.

Porque NÃO vender só pelo Whatsapp

Gostaria de finalizar discutindo situações em que vender diretamente pelo Whatsapp não é interessante ou viável.

O Whatsapp é um ótimo canal de atendimento, no entanto existem casos em que ele não vai ser o melhor caminho para fechar negócio. Você pode continuar a utilizá-lo para contato inicial com o cliente, mas então migrar o atendimento para outras plataformas.

Faturamento e logística

Se o seu acervo de produtos é muito grande ou se envolve um processo logístico muito complicado, vai ser difícil ter sucesso com a venda direta pelo Whatsapp.

Isso porque existem ferramentas melhor adaptadas para realizar essa tarefa. Por exemplo, no caso de concessionárias, você até pode criar ofertas e fazer o atendimento pelo Whatsapp, mas é importante ter um processo comercial mais robusto, já que a maioria das vendas complexas só fecha depois do 4º a 8º contato com o cliente.

Nesses casos vale a pena investir em um CRM e num website (ou landing page) para aquisição de leads. O Whatsapp sozinho não vai ser suficiente.

E-commerce

Outro caso importante é nas vendas em varejo ou por E-commerce. Muita gente se concentra na venda como um processo imediato, mas no caso da loja online a estratégia está mais ligada à fidelização e a revenda.

Quando você tem um E-commerce, o mais difícil é fechar a primeira venda, mas feito isso a estratégia comercial é tornar esse cliente em um comprador recorrente. Nesse caso, o e-mail marketing acaba sendo mais vantajoso do que o whatsapp, por exemplo.

Claro, existem casos que contradizem essa regra. Os grupos de whatsapp para divulgação de ofertas, por exemplo, são um sucesso para varejistas, mas o ponto desse capítulo é discutir outras alternativas que somam as estratégias do Whatsapp.

Outro ponto que pode ser ignorado é o uso de rankeamento no Google para gerar vendas. Se você só vende pelo Whatsapp e está pensando em parar de usar um site, considere que você também vai perder todo seu tráfego de Google.

Para muitos lojistas, isso não é uma perda muito grande, já que eles não se dedicam a gerar tráfego por SEO ou anúncios de Google Ads. Já no caso dos grandes players, propor substituir a venda pelo site para o Whatsapp seria suicídio.

Por último, é bom lembrar que o Whatsapp, Facebook e Instagram são plataformas irmãs e tem muitas integrações interessantes entre si.

Vale muito a pena utilizar uma combinação dessas mídias sociais nas suas estratégias digitais aproveitando dessas integrações para facilitar a venda. Especialmente porque me parece que o objetivo do Facebook é eventualmente fazer uma fusão entre as 3.

Por hoje era isso! Espero que você tenha gostado desse conteúdo. Fico a disposição para o envio de dúvidas aqui nos comentários e até a próxima!

Está precisando de um site?