Cayman Sistemas
PRECISO DE UM SITE
MENU
INÍCIO
SOBRE NÓS
PROJETOS
CONTATO
X
SOLICITAR ORÇAMENTO
Foto Blog

5 ferramentas do Google para se conhecer em 2020

08/06/2020 - Manual de ferramentas Google

E se eu te disser que várias ferramentas que alavancam os seus resultados de marketing são gratuitas? Isso mesmo, com exceção do Google Ads, a maioria das ferramentas da Google são grátis e você já pode começar a implementá-las hoje mesmo, depois de ver esse blog, olha só!

1. Google Tag Manager

O Google Tag Manager é utilizado para gerenciar as “Tags” de rastreamento no seu site, como o Pixel do Facebook ou do Google Analytics..

É muito simples: sempre que um usuário entra no seu site e interage com ele, vai deixando informações pelo caminho. Esses dados caem no “Data Layer” que o GTM recolhe e envia para as ferramentas de marketing.

As tags precisam ser instaladas diretamente no código html do site. Se você não usa o Tag Manager, esse processo tem que ser feito manualmente.

Isso é complicado e as vezes demora muito porque o código tem que ser enviador para o desenvolvedor ou TI do site, para ser instalado e só depois de tudo isso você descobre se a tag realmente está funcionando e os dados estão chegando.

data layer do google tag manager

Já no GTM não. Você instala a tag dentro do sistema, já testa na hora e pronto! Não precisa se incomodar mandando a tag por e-mail para o desenvolvedor e também já sabe que está tudo funcionando certinho.

Eu fiz um guia completo de como instalar e usar o Tag Manager que você pode conferir aqui!

2. Google PageSpeed Insights

O seu site tem bom desempenho?

Nas auditorias que eu desenvolvo a resposta geralmente é NÃO.

A velocidade do seu site afeta muito a sua colocação nas pesquisas do Google, especialmente nas pesquisas em celular.

Por isso, a Google desenvolveu uma ferramenta gratuita para mostrar o que você pode fazer para resolver essa situação.

É bom lembrar que – no Brasil – o Google PageSpeed Insights não revela dados precisos sobre a velocidade de carregamento do seu site (porque o servidor deles não fica aqui). Mas ainda assim, já é uma mão na roda descobrir quais arquivos e alterações são necessárias para tunar o seu site.

ATUALIZAÇÃO: O Google revelou esse ano que, em 2021, vai lançar uma atualização do seu algoritmo, que leva em consideração novas métricas para posicionar suas páginas. Essas métricas vão avaliar a interatividade, principalmente em relação a estabilidade visual do layout. A ideia é evitar que mudanças bruscas no layout ocasionem em um click equivocado.

O Google PageSpeed Insights já está entregando essas métricas para que você esteja preparado para a mudança do algorítmo em 2021!

3. Google Search Console

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita que serve para analisar as palavras-chave que estão gerando tráfego no seu site.

Ele também pode fazer muitas outras coisas e é uma das únicas formas de saber qual é a real taxa de conversão das suas pesquisas orgânicas no Google.

relatório do Google Search Console

O Search Console se faz mais poderoso quando usado em conjunto com outras ferramentas do Google e com algumas ferramentas pagas, como o SEMrush, mas já que esse é um guia de ferramentas gratuitas, aqui vai uma lista de coisas que dá pra fazer com o Google search Console

Funcionalidades:

  • Analisar páginas indexadas no Google para encontrar erros 5XX e 4XX
  • Descobrir detalhes sobre as impressões que o seu site gera no Google
  • Filtrar resultados de pesquisa por origem – assim você sabe qual extensão de pesquisa está gerando mais resultados.
  • Ver a taxa de conversão do seu site ao longo do tempo
  • Descobrir problemas de desempenho ou de paginação no site.

 

Você pode notar que é uma coisa meio técnica, mas nas mãos de um bom analista de dados digital o Google Search Console encontrar insights maravilhosos. Basta aprender um pouco mais sobre ele.

ATUALIZAÇÃO: Agora você pode integrar os resultados do Search Console nos seus relatórios do Google Analytics.

4. Google Opitimize

Essa é uma das melhores ferramentas grátis do Google e quase ninguém usa.

O Google Opitimize serve para fazer o famoso teste A/B, que permite descobrir quais alterações no layout do seu site geram resultados para a conversão de vendas.

teste A/B no Google Opitimize

O funcionamento dele é muito simples: você só precisa instalar a sua tag – olha o uso do Google Tag Manager aí novamente – e verificar essa instalação.

Depois disso integre o Opitimize ao Google Analytics - se você usou o Google Tag Manager, nem precisa fazer essa parte.

Feito isso, você já pode começar a montar seus próprios experimentos com as variáveis padrão do Google Analytics – Taxa de rejeição, abertura de página.

Agora, a parte mais legal é o seguinte: se você já está rastreando eventos e metas no Analytics, pode também usá-los como variáveis de teste – para saber mais sobre como fazer isso, dê uma olhada no meu guia do Tag Manager aqui!

Por exemplo, no site da cayman rastreamos os clicks em botões de conversão e podemos usá-los como variável no nosso teste A/B.

Olha só! Usamos o Google Opitimize para trocar a cor do botão e testar se isso fez efeito na conversão. Os dados estatísticos já são compilados em tempo real.

Com o Google Opitimize dá pra fazer quase todo tipo de teste A/B no layout do seu site. Se você ainda não está usando, corre lá porque você está perdendo uma oportunidade!

ATUALIZAÇÃO: O Google Ads lançou uma atualização que integra os resultados do Google Opitimize para otimizar a conversão das suas campanhas de Ads.

5. Google Analytics

Ok! Você já conhece o Analytics, eu já conheço, até minha vó conhece. Mas eu deixei ele por último por um motivo.

Você com certeza não está explorando toda a capacidade do Analytics.

Eu digo isso sem nem pestanejar. A maioria dos nossos clientes instala o Google Analytics só para registrar aquelas métricas básicas: Usuários, Sessões, Taxa de rejeição e Duração de Sessão.

Apesar dessas métricas serem importantes, sozinhas elas não entregam todos os insights necessários para rastrear o comportamento dos seus usuários no site.

É aí que entra o rastreamento de eventos e a configurações de metas. Com o auxílio do Google Tag Manager fica bem mais fácil configurar eventos e com isso configurar as suas metas. - Clique aqui para saber como usar o GTM para rastrear eventos!

E pra que tudo isso? Muito simples, com as metas e eventos o Google Analytics começa a realmente a ser uma ferramenta poderosa porque mostra o fluxo de comportamento do usuário desdo momento que ele entra no site até a venda (ou não).

fluxo de eventos google analytics

Só é possível calcular o ROI das suas campanhas de marketing se você é capaz de rastrear esses eventos e encontrar os gargalos para melhorar os layout do site.

Lembrando gente: isso aí é de graça!

Para entender como configurar eventos e metas, é só checar o meu manual aqui!

Beleza pessoal? Vocês acabaram de ficar sabendo sobre 5 ferramentas do Google Grátis. Se ficou alguma dúvida é só comentar abaixo que a nossa equipe vai retornar o quanto antes, ok?

Até mais!

Está precisando de um site?