Cayman Sistemas
PRECISO DE UM SITE
MENU
INÍCIO
SOBRE NÓS
PROJETOS
CONTATO
X
SOLICITAR ORÇAMENTO
Foto Blog

Como configurar o Google Search Console e obter resultados em SEO

10/11/2020 - Manual de ferramentas Google

O Google Search Console é um dos principais aliados do profissional de marketing digital que se preocupa com o posicionamento do seu site no Google. Nesse guia vamos te ensinar o passo a passo para configurá-lo e como usar todas as suas funcionalidades e benefícios. Confira!

O que é o Google Search Console

O Google Search Console é uma ferramenta que permite visualizar os detalhes sobre posicionamento das páginas do seu site nos resultados do Google, além de outras informações relevantes para esse posicionamento.

Ele foi criado para ajudar o departamento de marketing digital a corrigir problemas, criar estratégias e estudar o seu posicionamento com o objetivo de melhorar a experiência do usuário no site.

Para usar o Search Console, você precisa dar acesso a dados do seu servidor ao Google. Para isso, fale com o seu desenvolvedor. Ele vai precisar incluir o código de rastreamento no servidor DNS.

tela inicial do search console

Como usar o Google Search Console

Depois de instalar o código ao DNS, as informações que o Google coleta do seu site vão ser adicionados ao Search Console.

Ele também vai incluir dicas e mostrar possíveis problemas que estão afetando os seus resultados.

Você pode ver um resumo dessas informações na aba Visão geral.

A captação de dados pode demorar um pouco, por isso o ideal é esperar pelo menos uns 30 dias antes de iniciar as suas análises.

Desempenho

O relatório de Desempenho é uma das melhores ferramentas do Google Search Console e ela é vital para sua estratégia de SEO.

Nele, você consegue visualizar o progresso das métricas de acesso no site, visualização de resultados no google, taxa de conversão e posicionamento.

desempenho google search console

Essas métrica são representadas como:

  • Total de cliques - quantas vezes o usuário clicou no seu site como resultado da sua busca de Google;
  • Total de impressões - Quantas vezes seu site apareceu como um resultado de pesquisa do Google que foi visualizado por um usuário;
  • CTR média - taxa de conversão média (impressões/cliques)
  • Posição média - A posição em que o seu site apareceu no resultado de pesquisa de Google.

Perceba que essas métricas são de resultados de pesquisa orgânica no Google. Não incluem anúncios pagos no Google Ads.

O primeiro gráfico vai mostrar essas informações do site como um todo, mas isso não é muito útil para nossa análise.

Rolando para baixo, você vê as consultas e páginas ranqueadas das com mais cliques para as com menos cliques.

Alterando as métricas ativas no gráfico (clicando na caixa do lado da métrica) essa ordem vai mudar.

Você pode também clicar nas métricas na tabela para organizar por ordem crescente ou decrescente.

tabela de desempenho google search console

Essas informações já vão te dar uma boa noção das palavras-chave e páginas do seu site que tem melhor desempenho orgânico no Google.

Mas nós ainda podemos aproveitar outras funcionalidades, como o filtro.

Por exemplo, você pode clicar em Páginas, depois clicar em Filtros > Posições > maior que > 10, para descobrir quais páginas do seu site estão em posição 11 no Google.

Para quem não sabe, as páginas do Google em posição 11 são ótimas oportunidades de aumentar as impressões do site.

Já que com um pouquinho de trabalho em SEO, você consegue movê-las para posição 10, o que vai colocá-la na primeira página de resultados e, assim, gerar muito mais impressões.

A pesquisa no Google é cruel, nós sabemos que 99% dos acessos de pesquisa vão para os resultados que aparecem na primeira página. E, desses resultados, 75% dos acessos vão para as 3 primeiras posições.

Ou seja, com o filtro, você consegue encontrar as páginas que estão quase chegando na primeira página de resultados do Google e dar o empurrãozinho que faltava para chegar lá!

Você pode fazer a mesma coisa filtrando as páginas em posição 4-10 para movê-las para as posições 1-3, o que vai resultar em um aumento considerável nos cliques.

Para saber como melhorar o posicionamento de página, confira o nosso curso completo de SEO aqui.

Outra coisa que você pode fazer na tabela de desempenho é ficar de olho nos dados de consulta. Por lá você pode encontrar palavras-chave que podem ajudá-lo a entender como o seu cliente pesquisa ao procurar pelo seu produto ou serviço.

Sempre compare esses resultados com o volume de pesquisas e tendências. Você pode usar o Google Trends ou o SEMrush para fazer essa comparação.

Por exemplo, no caso da Cayman, notamos que a palavra-chave "Desenvolvimento de sites em Criciúma" estava desprotegida.

Nossos concorrentes não tentavam capturá-la e ela tinha um volume relativamente grande de pesquisas. Então começamos a tentar classificá-la e em 6 meses viramos o resultado 1 dessa pesquisa.

Se você nunca trabalhou SEO antes, vai notar que as únicas consultas de SEO que o seu site se qualificam tem a ver com o nome da sua empresa ou a temas que não tem muita relevância com a sua área.

Isso é normal, não se desanime! O caminho do SEO é lento, mas vale a pena começar agora!

Inspeção de Url

Você pode ter notado que quando você publica uma página no Google ela não aparece imediatamente no Google.

Ou as vezes, ela aparecia nos resultados de pesquisa do Google e não aparece mais.

Isso acontece porque o Google demora um pouco para indexar páginas. Ou, as vezes acontecem problemas na indexação que tiram a página do Google.

Para conferir o status da sua página. Copie o url (link da página), acesse a aba Inspeção de Url, cole o código e pesquise.

Se a página está indexada no Google, uma mensagem aparecerá: O URL está no Google.

inspeção de url

Se não, houve algum problema na indexação, ou o Google não teve tempo de rastrear o seu site novamente.

Você pode pedir pela a indexação manualmente no botão: "Solicitar Indexação".

É bom fazer isso também quando você fizer uma alteração no conteúdo da página. Assim, o Google é mais rápido em notar a alteração e mudar a relevância da página. O que acelera o SEO.

Se você está tendo problemas com a indexação, pode clicar no botão "Testar o URL publicado".

Lá vai aparecer um resumo do status explicando qual o problema que impediu o Google de indexar a página.

Para mais informações sobre problemas de indexação clique na aba Cobertura no Search Console.

Cobertura

A Cobertura mostra a lista de páginas indexadas válidas (tudo ok), validas com avisos (cautela) e Erros (problemas que precisam ser resolvidos).

cobertura search console

Logo abaixo da lista no gráfico, em Detalhes, você consegue descobrir quais são os problemas e avisos que o Google está indicando.

Aqui você vai encontrar problemas como erro 4XX ou erro 5XX, que são problemas relacionados a páginas que foram deletadas, mas não removidas da estrutura do site.

Isso é problemático porque o Google não gosta de indicar sites com páginas faltando nos seus resultados de pesquisa.

Se você achou erros no seu site e não entende como corrigi-los, você pode clicar no status do erro em detalhes, ver as páginas afetadas e, então clicar na página e ver os detalhes de porque o Google está indicando o erro, com a explicação do problema.

Existem vários motivos para um erro 4XX/5XX, mas - na maior parte dos casos - eles acontecem porque você deletou uma página, mas esqueceu de redirecionar um link que levava para ela.

Para descobrir onde estão esses links, faça uma auditoria do seu site no SEMrush. Eu mostro como fazer isso no meu guia de SEO.

Depois de redirecionar esses links, você ainda precisa remover a página do index do Google. O que é bem fácil de fazer na aba Remoções.

Assim que corrigir o erro em uma página, clique em Validar Correções para o Google conferir que você corrigiu o erro e tirá-lo da lista. Essa validação pode demorar até 30 dias.

Remoções

Para remover uma página, ou um grupo de página. Copie o URL da página que você deseja excluir, depois clique na aba Remoções e, lá, clique no botão "Nova Solicitação".

O legal da solicitação é que você pode solicitar a remoção de todos os URL com o mesmo prefixo.

Isso é útil caso você tenha uma sessão do site que pretende remover. Digamos, você tem um e-commerce e não vende mais sapatos. Você pode remover todas as páginas do prefixo www.minhaloja.com.br/sapatos.

Assim, todas as páginas dentro desse prefixo, ou seja, todos os sapatos da loja podem ser excluídos do Google ao mesmo tempo.

A Solicitação demora um tempo (de uma semana até 30 dias).

Sitemap

O sitemap é uma mapa das páginas do seu site.

Ele não é obrigatório, mas ajuda o Google a ler o site com mais eficiência, o que é importante para sites com muitas páginas.

Se o seu site tem mais de 100 páginas eu recomendo montar um sitemap. Você pode adicioná-lo ao site direto na aba Sitemap, no Search Console.

Principais Métricas da Web

O Google mudou bastante a forma como ele considera que um site é relevante para os resultados de pesquisa.

Hoje, o desempenho do site é primordial para o SEO. O seu site precisa ser rápido ao carregar e amigável ao usuário.

Para ajuda-lo a melhorar a experiência do usuário no seu site, o Google criou métricas Web Vitals que estão ligadas a facilidade de navegação no site.

Na aba Principais Métricas da Web o Google mostra se as páginas do seu site estão de acordo com as normas da Web Vitals e, caso não estejam, explica como corrigir esses problemas.

principais métricas da web

Ele também separa os relatório por Celular e Computador, já que a navegação é completamente diferente dependendo do dispositivo.

É bom lembrar que o Google dá mais importância a navegação pelo Celular, então você tem que ficar particularmente atento as suas métricas de desempenho mobile.

Ao clicar em Abrir Relatório vai ser apresentado uma listagem de páginas muito similar ao relatório de Cobertura.

Lá você vai conseguir ver que problemas está tendo, quais páginas apresentam problemas e como corrigir.

A correção de problemas de Web Vitals envolve a programação do site e são complicados de resolver se o seu site foi criado em uma plataforma, já que elas não permitem alterar muito o layout e código do site.

Procure ajuda do seu desenvolvedor para corrigir os erros e, depois, lembre-se de clicar no botão Validar Correção, para o Google saber que você fez o dever de casa.

Facilidade de uso em dispositivo móvel

Lembra que eu falei que o Google dá muita importância para a navegação pelo celular?

Pois é, ele dá tanta importância para isso que tem uma aba dedicada no Google Search Console para mostrar problemas de navegação mobile.

Na aba Facilidade de uso em dispositivo móvel você vai encontrar um relatório completo de problemas nas suas páginas relativas a navegação no celular.

facilidade de uso em dispositivo móvel

Lembre-se, o Google usa a pontuação de desempenho mobile do seu site como referência para relevância, então você precisa corrigir esses problemas urgentemente.

Você pode ver mais detalhes no Google Speed Insights, lá ele vai mostrar uma lista completa de prioridades do que você precisa fazer para melhorar o desempenho mobile do seu site.

Novamente, você vai precisar da ajuda de um desenvolvedor para resolver a maioria desses problemas e, se você usa uma plataforma, pode ter problemas difíceis de resolver.

O processo é o mesmo da Cobertura. Corrija os erros, depois volte ao relatório e clique em Validar Correção.

No geral, essas são as funcionalidades do Google Search Console.

Como você pode ver, ele é uma ferramenta feita para encontrar problemas que afetam a relevância do site e oportunidades para melhorar o seu SEO.

Espero que esse guia tenha sido útil. Se você encontrou algum problema no Search Console, ou precisa de ajuda com uma funcionalidade específica, deixe um comentário abaixo.

E se você não conseguiu corrigir seus erros porque seu desenvolvedor não deu conta do recado, preencha o formulário abaixo e a Cayman vai te ajudar.

Até a próxima!

Está precisando de um site?